Tipo de viagem
Clima
Meses para ir
JaneiroFevereiroMarçoNovembroDezembro
 

Bangkok – Guia completo sobre a cidade

Bangkok foi nossa porta de entrada para a ásia e provavelmente será a sua também, já que a Tailândia costuma ter passagens com preços mais atrativos do que os outros países. Ao todo, passamos 3 dias inteiros na cidade, 1 logo na chegada ao país e mais 2 depois de voltarmos do Camboja.

Leia AQUI sobre nossa viagem ao Camboja.

Bangkok é a tipica cidade grande, possui programas para todos os gostos e bolsos, inclusive com crianças! De templos a balada noturna, restaurantes com estrela Michelin a comida de rua, é aqui que você vai precisar se planejar e optar pelos programas que mais lhe atraem já que é impossível fazer tudo! O contraste entre os arranha céus luxuosos e as casas tipicamente tailandesas, os templos e os mega shopping centers, tornam Bangkok um destino único, mas sem planejamento pode se tornar um caos.

Wat Pho em Bangkok

Floating Market em Bangkok

Monges no templo Wat Pho

Hotel So Sofitel, em Bangkok

 

COMO CHEGAR

Infelizmente não existem voos diretos do Brasil para Bangkok, então o ideal é você encontrar o que possui menos tempo de conexão.

As companhias Qatar Airways e Emirates são as mais rápidas no percurso total (viagem + conexão) mas, geralmente, são as mais caras. Como nós saímos de Zurich na Suíça (moramos no país), pegamos um voo direto (11horas de duração) para Bangkok pela Thai Airways e a companhia Swiss também faz o mesmo trecho.

Sempre buscamos nossos voos pelo Skyscanner, faço a busca com o destino que queremos e crio um alerta, assim que a passagem baixa de preço, recebemos um alerta e efetuamos a compra.

Voo com criança na Thai Airways

voo com crianças

 

 

VISTO PARA BRASILEIROS

Para entrar na Tailândia, brasileiros não necessitam de visto, mas a vacina contra a febre amarela é exigida! Você deve levar o comprovante de vacina, o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) que é emitido, gratuitamente, pela Anvisa. Descubra AQUI onde fica o centro de atendimento mais próximo de você.

Obs. Você deve primeiro tomar a vacina e depois se dirigir a Anvisa, lá eles só emitem o certificado, não fazem a aplicação. 

Ao desembarcar no aeroporto de Bangkok você deve se dirigir ao HEALTH CONTROL, preencher um formulário e apresentar o seu certificado. Não adianta ir direto para a fila da alfândega sem ter passado pelo balcão de controle, eles te farão voltar!

Nós chegamos em Bangkok 5 da madrugada e nossa passagem pelo Health Control foi, no mínimo, cômica. O agente que deveria checar nossos documentos estava, simplesmente, dormindo atrás do balcão! Ficou irritadíssimo de acordarmos ele e mal respondia nossas perguntas, só apontava para o formulário e voltava a dormir rss Juro! Desse jeito… abria o olho, apontava para os papeis e voltava a dormir!!! Quase morremos rindo da situação e tentamos acordar ele umas 5 vezes até conseguirmos o bendito carimbo no formulário kkkk. O atendimento ao público lá e triiiiiste.

Health Control em Bangkok
Health Control no aeroporto de Bangkok

 

 

DINHEIRO E  INTERNET MÓVEL

A moeda local é o Baht e fizemos a troca do dinheiro ainda no aeroporto, o câmbio estava bem parecido com os que encontramos posteriormente nas casas de troca.

Antes de sair do aeroporto, você vai se deparar com vários quiosques de empresas de telefonia móvel que vendem chips pré-pagos e oferecem internet e ligações em seus pacotes. Existe diferença de preço e planos entre elas, tente dar uma conferida em duas, pelo menos, antes de fechar. Eu comprei o da DTAC, 30 dias de internet ilimitada + 85baths em ligações, por 549 baths (cerca de 50 reais), mas existem planos para 7, 10 e 15 dias e custam a partir de 299 baths (cerca de 28 reais).

 

Informações Úteis

Quando ir?

A melhor época para visitar a Tailândia é entre os meses de dezembro e março, época sem chuva e clima mais fresco no país. Abril é o meu mais quente do ano, não recomendo!

Tipo de viagem

Bangkok é uma cidade grande, com programação para todos os gostos e bolso. Em linhas gerais, você ira conhecer templos budistas, mercados flutuantes e restaurantes no topo de prédios altíssimos.

Clima

Entre novembro e março as temperaturas na Tailândia giram em torno de 30°, já em abril e maio as temperaturas sobem e beiram os 37°. Entre os meses de junho e outubro é a temporada de chuva no país.

 

 

ONDE SE HOSPEDAR

 

Lebua at State Tower

Como contei lá no inicio, nós dividimos nossa estada em Bangkok em duas partes, e por isso, nos hospedamos em 2 hotéis diferentes.

Primeiro passamos apenas 1 dia na cidade e nos hospedamos no incrível Lebua at State Tower. Desde quando comecei a pesquisar sobre Bangkok, eu sabia que queria conhecer o hotel onde o filme Se Beber Não Case 2 foi gravado, então fiz de tudo para incluir, pelo menos um dia, nesse hotel.

É no Lebua que fica localizado o Restaurante Sirocco, um dos mais famosos e concorridos de Bangkok, masssss crianças menores de 10 anos não são permitidas no local, e esse foi o fator definitivo para escolhermos esse hotel, se não podíamos ir ao restaurante (Antonio estava com dois anos na época desta viagem) ao menos teríamos a vista magnifica da cidade.

O hotel está localizado na área de Silom e oferece vista do Rio Chao Phraya. E que vista! Realmente é de tirar o folego. É alto, muito alto!

Sacada do hotel Lebua, em Bangkok
Sacada onde foi gravado o filme Se Beber Não Case 2

Sacada onde foi gravado o filme Se Beber Não Case 2

Sacada onde foi gravado o filme Se Beber Não Case 2

Hotel Lebua em Bangkok

Lebua at State Tower em Bangkok

Lebua hotel em Bangkok
A comida do hotel é maravihosa!

Hotel Lebua em Bangkok

Faça sua reserva no Lebua at State Tower AQUI e não pague nada a mais por isso.

 

So Sofitel Bangkok

Em nossa segunda passagem por Bangkok nos hospedamos no So Sofitel Bangkok, um hotel mais afastado do rio, mas não menos incrível! Com uma piscina de borda infinita, que se tornou nosso desejo diário após as visitas aos templos, o So Sofitel é um hotel elegantérrimo!

Com quartos temáticos e inspirados nos 5  elementos naturais: água, terra, madeira, metal e fogo.  Os quartos são amplos e possuem uma vista linda da cidade, o café da manhã é surreal! Acho que não conseguimos nem ver tudo o que ele oferece, de comidas típicas a sorvetes artesanais, nossa parte preferida do dia rss.

Para as crianças eles oferecem um berço no quarto e possuem carrinho de bebê para emprestar aos hospedes.: )

O So Sofitel fica na região de Silom, em frente ao parque Lumphini, o mais famoso da cidade.

So Sofitel em Bangkok
Piscina do hotel So Sofitel em Bangkok, um paraíso depois das visitas aos templos

Hotel So Sofitel em Bangkok

Hotel So Sofitel em Bangkok
Berço disponível para crianças, solicitamos com antecedência
Hotel So Sofitel em Bangkok
Vista do nosso quarto no hotel So Sofitel

Hotel So Sofitel em Bangkok

Hotel So Sofitel em Bangkok

Hotel So Sofitel em Bangkok

Hotel So Sofitel em Bangkok

So Sofitel em Bangkok
Comida servida na piscina do hotel
So Sofitel em Bangkok
O único lugar na cidade onde achamos macarrão para o Antonio rss
Hotel So Sofitel em Bangkok
Carrinhos de bebes disponíveis para os hospedes

Faça sua reserva no So Sofitel AQUI e não pague nada a mais por isso ou veja AQUI outras opções de hotéis em Bangkok.

 

 

O QUE FAZER EM BANGKOK

 

TEMPLOS

Existem mais de 400 templos em Bangkok, então você terá que planejar e priorizar suas visitas. Alguns deles são mais famosos e muito procurados por turistas. Vou citar aqui embaixo os que para nós, são imperdíveis!

 

Wat Pho – Templo do Buda deitado

Um dos mais famosos da cidade, é nele que fica a estátua gigante do Buda deitado. O Buda tem 46 metros de comprimento e 15 de altura, é enormeee! É nesse templo também que vai encontrar a maior coleção de imagens de Buda da Tailândia, imperdível!

Esse é o templo mais antigo de Bangkok e nele fica a primeira escola de massagem tailandesa, então se quiser aproveitar a tradicional massagem, visite o templo e depois tire um tempinho para relaxar.

O templo fica aberto das 8:30 am ás 6:30 pm e a entrada custa 100 THB.

Wat Pho em BAngkok - templo do Buda deitado
Wat Pho em Bangkok – templo do Buda deitado

Wat Pho em BAngkok - templo do Buda deitado

Wat Pho em Bangkok
Ritual das moedas no Templo Wat Pho para trazer boas energias

Wat Pho em Bangkok

Wat Pho em Bangkok

Wat Pho em Bangkok
A maior coleção de imagem de Budas da Tailândia

Wat Pho em Bangkok

Coleção de imagens de Buda no Wat Pho em Bangkok
Coleção de imagens de Buda no Wat Pho em Bangkok
Wat Pho em Bangkok
Ritual dos Monges no Wat Pho

Wat Pho em Bangkok

 

Gran Palace – Palácio real e Templo do Buda de Esmeralda

Sem dúvida, este é o templo mais importante de Bangkok. Esse que foi, por 150 anos, a residência do rei tailandês e agora serve de local para ocasiões especiais da família real e do governo é um orgulho para os tailandeses. É no Gran Palace que fica o templo Wat Phra Kaew, onde fica a imagem do Buda de esmeralda.

Gran Palace em Bangkok

Gran Palace em Bangkok

Gran Palace em Bangkok
Gran Palace em Bangkok – Os guardiões do templo

Gran Palace em Bangkok

Gran Palace em Bangkok

Gran Palace em Bangkok

Apesar de pequenininho, o Buda de esmeralda é impressionante! O contraste do verde com o ouro faz você querer perder algum tempo apreciando, uma obra riquíssima em detalhes!

Não é permitido tirar fotos no interior do templo, as disponíveis na internet foram tiradas de fora do local, usando câmeras com zoom (ví muita gente fazendo isso).

Gran Palace em Bangkok

Gran Palace em Bangkok

O Gran Palace é o local mais sagrado da Tailândia, e por isso, o mais rigoroso com as vestimentas dos visitantes. Os homens devem vestir calças e camisetas, e as mulheres devem estar com ombros e joelhos cobertos. Caso você esteja sem a vestimenta correta, existe um local de empréstimos de roupas, logo na entrada do templo. É proibido entrar nos templos com calçados, procure ir com um confortável e fácil de tirar.

Gran Palace em Bangkok
É necessário retirar os calçados antes de entrar nos templos

O templo fica aberto das 8:30 am às 3:30 pm e a entrada custa 500 THB (é o mais caro deles)

 

Wat Arun – O Templo do Amanhecer

Esse é o templo que fica a margem do rio Chao Phraya e é também um dos mais famosos e visitados de Bangkok. Nele é possível subir uma escadaria gigantesca e bem íngreme, mas no dia da nossa visita ele estava em reforma e as escadarias fechadas para turistas, então optamos por vê-lo somente durante o pôr do sol e fomos a um restaurante, do outro lado do rio, para apreciá-lo. Confesso que o dia estava meio nublado e não vimos o espetáculo que as fotos da internet mostram, mas é delicioso sentar em um dos restaurantes que possuem vista para o templo e deixar o tempo passar. Falo sobre o restaurante mais abaixo.

O templo fica aberto das 8:30 am às 17:30 pm e a entrada custa 50 THB

Wat Arun - Templo do amanhecer em Bangkok
Wat Arun – Templo do amanhecer em Bangkok
Wat Arun - Templo do amanhecer em Bangkok
Bar The Deck em Bangkok

Wat Arun - Templo do amanhecer em Bangkok

 

KHAO SAN ROAD

A rua mais famosa, barulhenta, esquisita, amada por mochileiros e movimentada de Bangkok! Lotada 24 horas por dia, é repleta de barraquinhas que vendem roupas, calçados, comidas locais e outras tantas coisas, até documentos pessoais você consegue comprar por lá!!! É impossível ir para Bangkok e não conhecer a famosa rua, mas vá preparado, muita gente torce o nariz quando fala sobre o local. Nessa região é normal encontrar prostitutas, casas de erotismo, muitos bares e restaurantes, o ambiente não é lá muito indicado para crianças, prefira ir durante o dia se estiver com os pimpolhos rss.

É aqui que você encontra os escorpiões e insetos para comer! iumiii rss

Khao San Road em Bangkok
Foto: www.bangkok.com

 

DAMNOEN SADUAK FLOATING MARKET

Esse é o mercado flutuante mais famoso de Bangkok, existem outros, mas esse é o original! Fomos de táxi até lá, uma viagem de 1 hora, e chegamos por volta das 9:30 da manhã.

damnoen saduak floating market

damnoen saduak floating market

Como fechamos o passeio diretamente com um taxista (passo o contato dele mais abaixo) não tivemos esse problema, mas se você contratar um motorista ou tour, eles costumam passar em uma fazenda de cocos antes e isso faz você demorar muito e chegar tarde na parte principal do passeio, já avise que quer ir direto ao mercado logo no inicio da viagem, assim você evita surpresas! Em caso de tour em grupo, você provavelmente terá que seguir o roteiro deles, sem pular essas pegadinhas para turistas.

damnoen saduak floating market

Descemos em um estacionamento que fica ao lado de onde os barcos com motores saem, ali você vai precisar pagar o seu ticket para entrar em um dos barcos. Como eu estava grávida e estávamos com o Antonio, optamos por pagar pelo barco privativo, 3000 THB (cerca de 280 reais).  Sim, também achamos caro, mas ao dividir o barco com outras pessoas, apesar de sair bem mais barato, teríamos que seguir os horários e paradas de todas as pessoas que estivessem no barco e isso poderia durar horassss. Com crianças, recomendo fortemente o barco privativo, cansou? Encerra o passeio e fim!

damnoen saduak floating market

A primeira parte do passeio é muito interessante, o barco passa pelos canais onde os locais realmente moram, vimos pessoas tomando banho, lavando roupa, escovando os dentes… tudo no rio! Vida real pura, é chocante de ver!

Em uns 30 minutos, chegamos na parte principal do mercado, onde ficam algumas lojinhas na beira do canal e barquinhos com vendedores locais que vendem de tudo, frutas, sorvetes, chapéus, roupas, lembrancinhas, frutos do mar, noodles… tudo! Os vendedores que ficam nas lojinhas, na beira do canal, possuem uma varinha e pescam (a vara tem um gancho na ponta) seu barco para oferecer os produtos que vendem, é super engraçado! lembre-se de levar dinheiro trocado para comprar água de coco, frutas e comidinhas enquanto estiver no barco, manter-se hidratado é essencial durante o passeio.

damnoen saduak floating market

damnoen saduak floating market

Quando vai chegando próximo às 11 da manhã, os canais lotam e ficam intransitáveis! Demoramos mais de 40 minutos para andar uns 100 metros, o calor é surreal e a cobertura do barco (uma lona) faz aquilo virar um forno. Mesmo após 3 águas de coco, Antonio começou a falar que estava passando mal, claro, era o mal estar causado pelo calor. Nessa hora demos graças a Deus de termos pego um barco privativo, pedimos para encerrar o passeio e voltar para o estacionamento, não aguentávamos mais aquele sufoco.

damnoen saduak floating market

damnoen saduak floating market

Não me julguem, mas achei mais perrengue do que prazeroso! Lógico que é incrível ver um mercado local, a realidade dos que moram ali… mas essa parte turística, onde os barcos ficam batendo uns nos outros, uma muvuca, gritaria para todo lado + um calor surreal, nos fez desistir na metade do passeio e voltar correndo para o hotel, Jesus!

Floating Market em Bangkok

Vi pessoas que pegaram barcos sem cobertura para o passeio, elas estavam quase em desespero naquele calor insuportável, compravam chapéus, água, se cobriam com toalhas… dava dó. Por favor, não façam isso! Não tem economia que compense o sofrimento desse passeio a céu aberto.

damnoen saduak floating market

 

 

AYUTTHAYA – A ANTIGA CAPITAL DA TAILÂNDIA

Ayutthaya é antiga capital da Tailândia que, após a invasão do exercito birmanês, foi completamente destruída e abandonada, só então Bangkok se tornou a capital do país.

Em Ayutthaya você poderá ver ruínas dos mais de 1500 templos construídos na cidade, um passeio intenso e riquíssimo em cultura, um dos mais interessantes da Tailândia.  A cidade fica é patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco e um programa perfeito para um bate-volta saindo de Bangkok.

Nós contratamos um táxi que nos acompanhou em todo o tour, detalhes e preços mais abaixo.

Vou fazer um post completo sobre quais templos visitamos e ele será o seguinte nos posts da Ásia.

Wat Mahathat - Ayutthaya com crianças

Wat Mahathat - Ayutthaya

Wat Mahathat - Ayutthaya

 

 

Viharn Phra Mongkhol Bophit

Wat Phra Si Sanphet - Ayutthaya

 

Wat Lokkayasutharam em Ayutthaya

 

Wat ChaiWatthanaram em Ayutthaya

Wat ChaiWatthanaram em Ayutthaya

Wat ChaiWatthanaram em Ayutthaya

 

 

Ayutthaya com crianças

 

 

ONDE COMER EM BANGKOK

 

Blue Elephant

Um restaurante para provar a autêntica comida tailandesa, uma verdadeira experiência gastronômica. O restaurante possui o menu do chefe ou pratos à la carte. Nós pedimos o Menu do Chefe, que possui duas versões, uma com pratos muito apimentados e o outra com pratos mais tranquilos, sem tanta pimenta. Eu pedi a sem pimenta e o Rodolfo a com pimenta, e mesmo assim, senti a comida um pouco ardida! Não preciso nem falar que Rodolfo saiu cuspindo fogo, né? O garçom avisou que era um menu para pessoas acostumadas a comer pimenta, muuuuita pimenta rss

Para o Antonio pedi um prato a la carte, Pad Thai, que não vem com nada de pimenta.

O restaurante possui protocolo de vestimenta, shorts e chinelos não são aceitos. Todos falam inglês.

O preço é mais elevado do que o geralmente cobrado na Tailândia, mas a comida é deliciosa e única, nunca comemos nada parecido na vida, então vale muito a pena como um programa culinário. Faça sua reserva com antecedência.

 

Blue Elephant em Bangkok
Restaurante Blue Elephant em Bangkok
Blue Elephant em Bangkok
Entradas do Menu do Chefe no restaurante Blue Elephant em Bangkok

Blue Elephant em Bangkok

Blue Elephant em Bangkok

Blue Elephant em Bangkok

Blue Elephant em Bangkok

Blue Elephant em Bangkok
Rodolfo pediu a opção com pimenta do menu do chefe, sofreu, viu? rss
Blue Elephant em Bangkok
Prato do Antonio, Pad Thai, zero pimenta!

 

Issaya Siamese Club

Uma culinária tailandesa tradicional com traços modernos e toques internacionais! Também pedimos o menu do chefe nesse restaurante, um dos melhores que já comemos! O chefe é famoso na cidade, ele participa de um programa culinário, estilo Master Chef, e foi o primeiro Chefe Tailandês a se tornar chefe executivo do legendário hotel 5 estrelas em Bangkok, o Four Seasons.

Ao entrar você vai se deparar com um lindo casarão inglês, as mesas são espalhadas pelos cômodos da casa, o que torna o clima do ambiente ainda mais inesquecível. Atendimento impecável e todos falam inglês. Faça sua reserva com antecedência.

Issaya Siamese Club, restaurante em BAngkok
Issaya Siamese Club

BAngkok com crianças

Issaya Siamese Club, restaurante em BAngkok

Issaya Siamese Club, restaurante em BAngkok

Issaya em BAngkok

Issaya em Bangkok
Prato do Antonio no Issaya, Khao Pad com frango. Zero pimenta!

 

The Deck

Lembram que comentei sobre termos visto o pôr do sol no templo Wat Arun de um restaurante do outro lado do rio? Era esse, o The Deck.

Chegamos sem reserva e somente para ver o pôr do sol, iriamos jantar em outro lugar depois, então subimos direto para a área dos drinks, que fica no 3º andar do restaurante. Se for fazer o mesmo, chegue cedo para conseguir uma mesa bem em frente e assim ter vista privilegiada do pôr do sol. Caso queira aproveitar e jantar por ali, recomendo fazer reserva com antecedência, o lugar lota!

The Deck, restaurante em Bangkok
The Deck, restaurante em Bangkok

The Deck, restaurante em Bangkok

 

Para os viajantes sem filhos

Umas das principais atrações de Bangkok é subir nos rooftops bars e apreciar as mais belas vistas noturnas da cidade, mas, infelizmente, esses locais só permitem a entrada de crianças acima de 10 anos, então só poderemos ter essa experiência daqui uns bons anos rss.

 

Sirocco

Esse é o rooftop do hotel Lebua, que nos hospedamos no primeiro dia em Bangkok. O bar já era uma atração turística entes de aparecer no filme Se beber Não Case 2, depois dele os espacinhos se tornaram ainda mais concorridos.

O bar fica no 63º andar do hotel (dá para entender porque crianças não entram, né?) e possui um bar, o Sky Bar, onde você não precisa fazer reservas mas terá que dar sorte de encontrar um espacinho bom para ficar, e o restaurante Sirocco, que necessita de reserva feita com antecedência.

O rooftop tem fama de não ter preços muito atrativos, um jantar ali dificilmente vai sair por menos de 200 dólares. Se não quiser gastar tanto, vá tomar um drink no Sky Bar e apreciar a vista, que é de tirar o fôlego.

Sirocco Bar em Bangkok Foto: www.lebua.com
Sirocco Bar em Bangkok Foto: www.lebua.com
Sirocco Bar em Bangkok Foto: www.lebua.com
Sirocco Bar em Bangkok Foto: www.lebua.com
Sirocco Bar em Bangkok Foto: www.lebua.com
Sirocco Bar em Bangkok Foto: www.lebua.com

 

Vertigo and Moon Bar

Um outro rooftop muito conhecido e visitado em Bangkok é o Vertigo, que fica no 61º andar do hotel Banyan Tree. Possui o mesmo esquema, o Moon Bar para drinks e o restaurante Vertigo para o jantar.

Li relatos de que não é tão lotado quanto o Sirocco e que o atendimento é mais amigável do que o primeiro. Na dúvida, conheça os dois!

Esses dois restaurantes possuem dress code e a entrada com chinelos, shorts, tênis ou regatas não será permitida.

Vertigo and Moon Bar
Vertigo and Moon Bar Foto: www.bangkok.com
Vertigo and Moon Bar
Vertigo and Moon Bar Foto: www.bangkok.com

 

TÁXI EM BANGKOK

Como contei ali em cima, fechei todos os nossos passeios com um único taxista, peguei indicação dele na internet e entrei em contato pelo whatsapp. Deixei tudo combinado com bastante antecedência, ele fez todos os passeios e ainda nos buscou e deixou no aeroporto. Para quem está com crianças ou grávida como eu, andar de Tuk tuk não é lá muito indicado em Bangkok já que o transito é caótico e o calor irritante! Deixe os passeios de Tuk Tuk para distâncias mais curtas : ).

Taxista: Sr Inn  +66 81 697 8655

Se o Sr Inn estiver ocupado no dia dos seus passeios, ele envia um amigo, que não faça inglês mas trabalha direitinho. Leve sempre anotado no celular o nome e endereço dos lugares onde você quer ir, em tailandês, assim é só você mostrar para o motorista, sem dificuldades.

Esses foram os preços que conseguimos negociar, tente negociar mais, os preços seeeempre baixam na Tailândia depois de uma pechincha rss.

Do aeroporto até o hotel So Sofitel – 700THB

Do hotel até Ayutthaya – 2500THB

Do hotel até o Floating Market – 1500THB

Do hotel para o aeroporto – 700THB

Táxi em Bangkok

Táxi em Bangkok

Bangkok tem programas para todos os gostos, né? E você, o que achou da cidade? Me conta sua experiencia aí nos comentários!

 

Beijos

Dani.

 

Com as crianças

dica:

Bangkok é a típica cidade grande, prédios, transito, stress, restaurantes caros e muita coisa para fazer, inclusive programas para crianças. Tente mesclar templos com parques, por exemplo e torne a viagem mais atrativa para os pequenos.

o que encontramos:

  • fácil acesso para carrinho de bebê
  • hotéis para famílias
  • restaurantes com estrutura para bebês
  • restaurantes solicitos a pedidos de comida para crianças
  • templos de fácil visita com crianças
COMENTÁRIOS