VIAGEM DE AVIÃO COM CRIANÇAS

Tipo de viagem
    Clima

      UMA VIAGEM DE 36 HORAS COM UM BEBÊ

      Viajar com criança nem sempre é fácil, mas depois dessa nossa última vinda para o Brasil, tive a certeza de que viajar com bebês de até 1 ano é um milhão de vezes mais fácil do que viajar com crianças acima de dois anos. Foram 36 horas desde o embarque em Genebra até a chegada em Londrina, nosso destino final.

      Embarque internacional em Genebra

      O que levar na mala de mão

      Eu me planejei ao máximo para essa viagem, mas sempre corremos o risco de novidades surgirem durante a viagem, né? Levei a mala de mão do Antonio recheada de apetrechos para me ajudar durante o voo. Leia outras dicas para um voo tranquilo AQUI.

      Na mala eu coloquei: livro de pintura, giz de cera, 2 carrinhos novos que comprei para distraí-lo nas horas de crise, 3 cartelas de adesivos em gel para brincar no vidro da aeronave, biscoito de arroz, castanha e chocolate. Além de fraldas, 2 pijamas de frio (fica muito frio durante o voo), meias, uma cobertinha e uma troca de roupa de calor para quando chegássemos em São Paulo.

      Voo com escala

      Pela primeira vez, pegamos um voo para o Brasil com escala e me arrependi completamente! Poderia ter sido muito tranquilo, se eu não tivesse tido que atravessar o aeroporto, andar 72 portões com ele no colo + mala de mão + mochila + travesseiro e para ajudar… grávida! Rsss

      Não é exagero, foram mais de 30 minutos andando, cheguei tremendo e ele gritando de sono! A escala era 19:30, justamente o horário que ele vai para a cama, então juntou fome (ainda não tínhamos jantado), sono, cansaço e então começou aquela crise de exaustão em pleno saguão do aeroporto.

      Nossa escala foi de 2:40, e confesso que não arriscaria fazer escala com menos duração se estivesse com criança. Tudo fica lento, a criança anda no ritmo dela, pede comida, pede biscoito… eu tinha a opção de 30 minutos de escala e, graças a Deus, não optei por ela! Perderia o voo com certeza!

      Levar ou não o carrinho de bebê na viagem?

      Acho que cometi um grande erro nessa viagem em não levar o carrinho. Eu teria que carregar 2 malas + cadeirinha de carro + malas de mão + Antonio no colo e, por se tratar de muitaaa bagagem, achei melhor deixar o carrinho em casa. Acabo não usando muito aqui no Brasil e não imaginei que faria falta. Algumas companhias aéreas entregam o carrinho durante as escalas e essa opção teria me salvado na peregrinação pelo aeroporto!

       

       

      VOO DE LONGA DURAÇÃO COM CRIANÇAS

      Passaporte para bebês

       

      Enfim chegou a hora do nosso voo mais longo, hora de embarcar para o Brasil. Antonio já estava esgotado, se jogava no chão a cada 20 minutos e eu irritadíssima! Se o voo fosse sem escalas, ele já estaria dormindo.

      Embarcamos com prioridade, sempre me enfio na frente de todo mundo! Já li algumas mães indicando entrar por último para passar menos tempo esperando decolar, mas em todos os voos que pego, quem entra por último fica sem lugar para guardar as bagagens de mão, e entre passar perrengue p guardar mala e 20 minutos a mais esperando, prefiro a segunda opção! Pelo menos estamos sentados e bem acomodados.

      O truque do assento vazio

      Eu sempre faço a mesma coisa, logo que percebo que o embarque está acabando, chamo uma aeromoça e peço para ficar em uma fileira de 3 bancos sozinha com Antonio, assim ele pode dormir em duas e eu fico tranquila na minha. Dessa vez não fiz diferente, porém, o voo estava lotado! Então Antonio veio na janela e eu no assento do meio.

      Jantar para as crianças durante o voo

      Como dou preferência para voos noturnos, sempre jantamos após a decolagem. Antonio acaba jantando bem tarde, mas como sei que dormirá em seguida, prefiro assim. Sempre levo snacks p ele aguentar até a hora de servirem o jantar.

      Crianças acima de 2 anos pagam pela passagem (acho que 80/90% do valor cheio) e tem direito a refeição. Se você preferir, pode pedir uma comida especial durante a reserva da sua passagem. Como Antonio já come a mesma comida que a gente, nunca uso essa opção!

      Dessa vez serviram carne com batatas e arroz com frango, ele preferiu a carne mas só comeu algumas batatas e a cenoura da salada. Como a comida tem tempero forte, não é sempre que ele come! ????

       

      Jantar voo internacional da Tam

       

      Fazer a criança dormir durante o voo

      Aqui foi a parte mais tensa do nosso voo! Logo após o jantar, quase 11 da noite, Antonio estava morrendo de sono, lembram que já estava exausto no aeroporto, né? Então!

      Nessa hora ele já estava no limite, porém, a aeromoça demora para passar recolhendo os lixos e utensílios do jantar e, por isso, as mesinhas tinham que ficar abertas e nós dois quase sem espaço para se mexer já que havia um senhor sentado do meu lado. Tentei enrolar o Antonio com os filmes disponíveis no dvd do avião, mas nada resolvia.

      Eu tinha deixado a mala dele guardada no compartimento de cima e planejei pegar ela quando o jantar acabasse, assim colocaria o pijama, meias e cobertas. Mas não funcionou como planejado! Estávamos presos nas poltronas pelas mesas abertas e pelo senhor que sentou do nosso lado e já estava roncando no 15º sono! ????????????

      Antonio começou a chorar e entreguei um biscoito para ele, tentando manter ele bem até que tirassem tudo. 3 minutos depois olhei o lado e ele estava dormindo sentado, simplesmente apagou! Sem pijama, sem travesseiro… sem nada! Tentei ajeitar ele na poltrona mas não cabia, ele precisava de 2 assentos para conseguir dormir deitado, então deixei ele torto até a aeromoça chegar (que dó).

      Depois que retiraram tudo (até que enfim), o senhor do nosso lado acordou e pedi para levantar pegar a mala. Não arrisquei colocar pijama, fiquei com medo de acordar ele, mas coloquei meias e enrolei em duas cobertas. Arrumei o travesseiro no canto da janela e deitei ele (que ocupou as nossas duas poltronas).

      Aproveitei e fui no banheiro nessa hora também, tenho pavor de ficar acordando a pessoa do lado para sair. Deixei Antonio dormindo e fui, dá medo, né? Fiz xixi correndo kkkkk

      Como foi o voo para mim

      Voltei para a poltrona e a tortura começou! Antonio não aceitava ficar com as penas em cima de mim, então tive que vir sentada na ponta da poltrona para ele conseguir dormir bem. Consegui assistir um filme, pedi uma taça de vinho (sim, estou grávida e pedi vinho! Precisava para manter a sanidade mental nas próximas 9 horas).

      Tentei todas as posições possíveis, que não eram muitas, mas não consegui dormir mais que 30 minutos durante todo o voo. Minha coluna já estava aos gritos! Não aguentava mais e só rezava para o voo acabar logo.

      Quando era 4 da madrugada, Antonio acordou. Tive que recorrer ao filminho novamente e a biscoitos, foi a única maneira de fazê-lo parar de chorar! Como eu sabia que perto das 5 da manhã eles serviriam o café, não tentei fazer ele dormir novamente e deixei que ficasse assistindo.

      Nesse momento eu já estava para matar um, minha coluna estava ardendo, estava sem nenhuma paciência e precisava ir ao banheiro. Como o passageiro sentado ao meu lado continuava dormindo, tive que esperar ele acordar. : (

      Serviram o café e, de novo, Antonio não comeu quase nada! Uma hora após o café, começamos a pousar e eu só dava graças a Deus. Não consegui trocar ele antes de descermos e ainda tive que dar um chocolate para aceitar ficar sentado e com cinto de segurança! Sim, dei chocolate pro meu filho 5:30 da manhã. Desespero define!

       

      NOSSA CHEGADA EM SÃO PAULO

      Chegamos em São Paulo 6 da manhã, mas ali não era nosso destino final! Eu só queria chorar quando lembrava disso!!!

      Nosso voo sairia 12:30 de guarulhos para Londrina, ou seja… 6 horas e meia de espera.

      Retirei as malas, montei o carrinho com as bagagens e sai com Antonio no colo. Logo na saída já perguntei sobre nosso novo checkin e descobri que precisaria andar mais 20 minutos até chegar a um outro terminal. Eu já não aguentava mais andar com ele no colo e empurrar as malas, então fiz ele ir andando. Demorei uns 40 minutos para conseguir chegar até lá.

      De novo, exausta! Só queria despachar as malas e sentar um pouco, mas descobri que o checkin só abria 3 horas antes do voo. Nessa hora lembrei que vi em algum Instagram sobre um “hotel” que fica dentro do aeroporto e sai perguntando para funcionários do aeroporto sobre ele. Graças a Deus ele era no mesmo terminal que eu estava e fui até lá ver como funcionava! Vou fazer um post só sobre ele, pq vou falar… salvou minha vida!

       

      Slaviero Fast Sleep Guarulhos

       

      Na verdade é um mini quarto onde você pode descansar, assistir TV e tomar banho. Paguei por 3 horas e foi uma benção! Tomamos banho e capotamos, Antonio dormiu 2:30 sem nem se mexer. Acho que paguei 140,00 pelas 3 horas e pagaria de novo, eu estava em estado de calamidade, pegar mais um voo naquele estado, seria cruel.

      Hora do nosso último embarque

      Passadas as três horas que paguei no “hotel”, seguimos para o checkin. A luz do aeroporto tinha acabado e tudo estava sendo feito manualmente! Minha gente, eu só queria sair gritando DESISTO!!! DESISTOOOOO! Mas ok, respirei fundo e, na fila preferencial, esperamos por 1 hora e meia para sermos atendidos. Antonio já não aguentava mais ficar na fila, todo mundo reclamando, eu com medo dos assaltos que acontecem em Guarulhos.. enfim! Um sufoco só.

      Embarque da Gol em Guarulhos

       

      Consegui fazer nosso checkin, despachei as malas e fomos esperar o anúncio do portão. Como tudo estava sem energia, não tínhamos informação nenhuma.

      Sentei em um café e comprei pão de queijo e suco para Antonio enquanto olhava para as tvs de informações e ficava rezando para o meu portão ser perto. Uns 20 minutos antes do embarque sai o número do nosso portão, e claro, ficava uns 20 portões de distância! As placas diziam que eram 11 minutos de caminhada, com uma criança mais bagagens de mão, isso facilmente vira meia hora. Sai correndo e insistindo para o Antonio vir no colo, dessa vez, a gritaria era porque queria ir andando.

      Depois de 20 minutos, 2 carrinhos perdidos, e muitos choros, chegamos ao portão de embarque. Fui direto p fila preferencial e o embarque já estava começando, cheguei em cima da hora.

      Esse voo era curto, apenas 50 minutos e foi super tranquilo. Antonio foi brincando com adesivos na janela do avião todo o tempo e não me deu trabalho. Chegamos 1:40 da tarde em Londrina e minha saga acabou!

       

      Distração para crianças durante o voo

       

      Passei 3 dias para conseguir recuperar as energias e tenho certeza que essa viagem vai demorar um pouco para eu conseguir esquecer. Kkkkk

       

      Esse foi meu primeiro voo complicado com o Antonio, até hoje todos tinham sido perfeitos! Talvez tenha sido o aperto dos assentos, talvez a falta de sorte em pegar o voo lotado ou talvez, porque viajar com crianças maiores seja mais trabalhoso mesmo! Essa foi só uma experiência ruim, mas nem por isso, deixaremos de viajar com ele! Foi só descansar depois e tudo estava resolvido. : )

       

      Espero que tenham voos menos cansativos por aí. Boa viagem!!!

      COMENTÁRIOS
      COMENTÁRIOS

      16 comentários em “VIAGEM DE AVIÃO COM CRIANÇAS

      1. Marina on

        Mano, eu tô grávida e com uma filha da idade do Antonio, mais ou menos. Não ando animando ir nem no supermercado sozinha. Vc virou uma idola… rsrs

        Responder
        • danikalsovik on

          Oi querida, está indo morar em Londres? Fiz faculdade de moda no Cesumar rss Que bom que você gosta, fico muito feliz. Obrigada por nos acompanhar. BEijosss

          Responder
      2. Rayanne on

        Nossa… de perder o fôlego essa viagem rsrsrs me coloquei varias vezes em seu lugar, quase chorei em algumas partes rsrs pq sei como é dificil viajar com criança. Minha filha tem 2 anos e realmente nao é fácil. Vamos enfrentar uma viagem para inglaterra, com escalas e trem ate o destino final. Consegui pegar algumas dicas com vc, as tais mudas de roupas. Fico com medo de não caber tudo na bagagem de mao, mas cabe sim, vc é prova viva que consegue fazer isso tudo gravida e com um filhote, sem contar as malas. Boa sorte pra vcs!!! 🙂

        Responder
        • danikalsovik on

          Oi querida, realmente não é fácil não rss mas no fim, tudo dá certo! Graças a Deus. Tomara que a viagem de vocês seja tranquila e rápida, vou torcer para dar tudo certo. Leva a malinha de mão preparada que o resto se desenrola heheh. BEijos nossos….

          Responder
      3. Cindi on

        Dani super amei as dicas e o blog. Hj tirei um tempinho e li quase todo. Estou me preparando psicologicamente pra nossa primeira viagem internacional e 20 dias fora de casa, com bebê em outro país rsrs anotei cada dica pra distrair a criança no voo. Imaginei e sofri cada acontecimento do voo de vcs, e no fim deu tudo certo, né? Rsrs a vontade de viajar é maior do q o medo de enfrentar um voo longo. Amo acompanhar vcs pelo mundo. Uma ótima viagem pra vcs pela Ásia. Até mais. Bjs

        Responder
        • danikalsovik on

          Oi querida, tudo bem? Desculpa a demora em responder… E ai, já viajou? heheheh Se sim, espero que tenha sido tudo bem! Me conta. Beijosss

          Responder
      4. Marília on

        Oii! Vou viajar com meu filho de 1 ano e 9 meses e estou grávida e ja estou sofrendo. Achei o teu post e ameeei! Queria saver onde vc comprou esses adesivos da janela, tenho procurado e não acho. Bjoo

        Responder
        • danikalsovik on

          OI querida, eu comprei aqui na Suíça, no mercado, mas você deve encontrar em papelarias ou pela internet. Põe adesivo em gel no google que deve encontrar alguma coisa. BEijossss

          Responder
      5. Yndi on

        Oi Dani…. Faz o post ou me manda o link do hotel em guarulhos…. Minha viagem de volta ao brasil sera de uma espera de 6hrs no aero de guarulhos…ai socorro ja estou ate vendo… Crianca de 2 anos e voos mto longos e demorados nao combinam kkk… Bjos

        Responder
      6. Roberta Figueiredo on

        Ola eu li sua materia e me identifiquei muito pois estou com a pequena agora com 3 anos e faco muito viagem internacional com ela. Eu queria muito saber se eles deixam a gente ir com o carrinho de bebe ate a porta do aviao mesmo com a crianca sendo maiorzinha ou eles nao permitem? Obrigada pelas dicas.

        Responder
        • danikalsovik on

          Consegue sim! Mas precisa avisar no checkin que vc quer deixar e receber o carrinho na porta do avião, inclusive nas escalas (se for o caso). Beijosss

          Responder

      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *