TRABALHO NO EXTERIOR – DE MUDANÇA PARA A INGLATERRA

Essa é uma sequencia de posts que conta como foi nossa mudança aqui para a Inglaterra, clique AQUI para ler os anteriores.

 

NOSSA SAÍDA DO BRASIL

 

Antonio nasceu no Brasil, dia 05/08, em um parto natural lindo. Morávamos em São Paulo quando recebemos a notícia da possibilidade de expatriação, faltando apenas algumas semanas para o nascimento dele e tivemos que tomar a decisão mais importante de nossas vidas (sim, nós podíamos negar).

Antonio Recém Nascido

 

Sempre soubemos que a possibilidade da mudança de país existia, nos preparamos para isso, mas não imaginávamos que seria justo no nascimento dele. Aceitamos a mudança, porém, pedimos para passar três meses no Brasil após o nascimento e depois partirmos. Foi um Deus nos acuda: esperamos a família conhecer o Antonio primeiro e somente após o primeiro mês de vida começamos a contar a todos sobre a futura mudança. Imaginem: muito choro, muita dor no coração, mas todos entenderam que seria uma oportunidade única em nossas vidas.

 

AS DESPEDIDAS

Curtimos os últimos meses no Brasil como nunca: viajamos quase todo final de semana para levar o neto até os avós, pois queríamos que se curtissem ao máximo, e acho que isso aconteceu. Saímos do país com coração tranquilo e com todos felizes e realizados com a chegada do primeiro neto (sim! Pra ajudar, ele é o primeiro neto das duas famílias – risos).

bisavó

bisavó

expatriados

 

A EXPATRIAÇÃO

A vinda pra cá só não foi mais difícil porque, como somos expatriados pela empresa onde meu marido trabalha, elas cuidam de toda a parte burocrática. Graças a Deus! Eu não teria cabeça para cuidar disso com um bebê de 2 meses.

 

Mudança de país

 

Existiram alguns empecilhos para trazer nossas duas cachorras para cá, por se tratar de um país erradicado de Raiva, e ele é também um dos mais difíceis para se entrar com animais de outros países. Tivemos que deixá-las no Brasil por mais três meses até completarem os 4 meses de quarentena que a Inglaterra exige (quem me acompanha no Instagram viu o quanto foi difícil esse período).

Nossa mudança veio de navio, vendemos nosso carro e entregamos nossa casa. Zeramos nossa vidinha no Brasil para começar aqui tudo de novo: a felicidade do novo, da renovação, o medo do incerto e das barreiras a serem enfrentadas.

 

mudança de país

 

No próximo post conto como foi nosso voo de partida e nossa entrada em nosso novo país.

 

Beijos e me acompanhem nessa nova jornada!

 

Dani

ps. Esse post foi escrito para o Blog Etc e Mãe e faz parte do quadro “Antonio em Londres”.

COMENTÁRIOS